Panados de Peixe-Galo

por admin

Suculento e de carne firme, o peixe-galo faz parte do relicário dos pescados portugueses. É uma espécie solitária, que vive sobre fundos lodosos e arenosos até cerca de 600 metros de profundidade. Alimenta-se essencialmente de peixes e crustáceos. É um peixe apreciado pelo sabor da sua carne e bastante utilizado para consumo. Em Portugal o peixe-galo é pouco abundante e as populações existentes encontram-se em regressão, devido fundamentalmente aos efeitos da pesca comercial, através do arrasto de fundo. Opte por adquirir peixe-galo de pesca sustentável.

 

 

Filetes de Peixe-Galo

Suculento e de carne firme, o peixe-galo faz parte do relicário dos pescados portugueses. É uma espécie solitária, que vive sobre fundos lodosos e… Sabor a mar Panados de Peixe-Galo European Imprimir
Pessoas: 4 Tempo de Preparação: Tempo de Confeção:
Valor nutricional 200 Calorias 20 grams Gordura
Rating 5.0/5
( 1 Voto )

Ingredientes

  • 8 Filetes de Peixe-Galo fresco
  • Farinha de trigo
  • 2 ovos
  • Pão ralado
  • 1 raminho de tomilho fresco
  • 1 Limão
  • 1-2 dentes de alho
  • Flor de sal
  • Óleo para fritar

Instruções

  1. Comece por preparar os filetes, cortando o peixe pelas extremidades e pela cabeça com uma faca bem afiada.
  2. Retire a pele, começando a cortar pela cauda do peixe
  3. Elimine as espinhas e prepare os filetes.
  4. Leve os filetes ao frigorífico numa marinada de folhas de tomilho fresco, sumo de limão e flor de sal. Tapar com uma película. O ideal é deixar de um dia para o outro.
  5. Nesta receita optei por panar os filetes (não confundir com o polme que é uma outra técnica).
  6. Siga rigorosamente esta sequência.
  7. Prepare 3 pratos. Um para a farinha, outro para os ovos batidos e num outro, o pão ralado aromatizado com uma mistura de folhas de tomilho, alho e flor de sal (prepare a mistura das ervas e do alho num copo à parte com a varinha mágica).
  8. Primeiro passe os filetes pela farinha, seguidamente pelo ovo e só depois pela mistura de pão ralado.
  9. Assim irá obter uma crosta crocante, mantendo o peixe suculento e saboroso.
  10. Frite em óleo bem quente. Não utilize óleos queimados de outras frituras.
  11. Leve os filetes à frigideira, mantendo-se atento por forma a não queimar.
  12. Retire-os da fritura e coloque-os sobre papel absorvente.

Observações

Sirva com puré de batata, salada ou arroz de feijão tradicional

Poderá também gostar

Comentar

Este blog utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Saiba mais

Privacidade & Política de Cookies